Arquivo

Posts Tagged ‘primeiros passos’

Significado do Previsto, Previsto Real e Realizado

11 de maio de 2012 Deixe um comentário

O Previsto é considerado um planejamento sobre o que deve-se receber ou pagar pelo lançamento.

O Realizado é o valor que foi efetivamente recebido ou pago pelo lançamento. Pode ser considerado como o que está acontecendo no momento.

O Previsto Real é a informação que indica qual será a situação real no final da semana ou mês. Ele considera o valor do lançamento da seguinte forma: se o lançamento possui realizado, este é considerado, senão, o valor previsto será considerado.

Exemplo:

Lançamento: Conta de Água

Previsto: R$60,00

Realizado: R$0,00

Lançamento: Supermercado

Previsto: R$10,00

Realizado: R$15,00

A soma deste dois lançamentos de saída então seria:

Previsto: R$60,00 + R$10,00 = R$70,00

Previsto Real: R$60,00 + R$15,00 = R$75,00

Realizado: R$0,00 + R$15,00 = R$15,00

Conclusão: Planejou-se gastar R$70,00 (Previsto), até o momento gastou-se R$15,00 (Realizado), mas no final do mês o gasto total será de R$75,00 (Previsto Real)

Anúncios

Primeiros Passos

11 de maio de 2012 Deixe um comentário

Os primeiros lançamentos serão os que mais devem demandar tempo e atenção. Algumas pessoas já possuem algum tipo de controle financeiro e, consequentemente, devem possuir facilmente todos os dados necessários para alimentar os dados do Fluxo de Caixa. Outras pessoas não se dispõem de nenhum meio para controlar suas finanças e para essas será necessário um pouco mais de paciência e força de vontade visto que o a constituição de um Fluxo de Caixa é um processo um tanto quanto burocrático a primeira vista.
A seguir seguem algumas dicas para facilitar a constituição inicial do Fluxo de Caixa:

  1. Cadastre os Cartões de Crédito. No Menu Principal, toque o menu Cartões de Crédito. Informe um título para identificação do cartão, dia do vencimento, dia do fechamento (o dia que “vira” o cartão no mês). Toque na imagem do disquete para gravar o cartão. Faça o mesmo procedimento para todos os cartões que possuir. Obs.: Se forem cadastrados cartões adicionais, o sistema separará os lançamentos em faturas diferentes.
  2. Lance as Entradas. Ex.: salário(s), recebimentos, etc.
  3. Lance as Saídas fixas. Ex.: conta de água, luz, telefone, gás, mensalidades, etc. É importante fazer a média dos últimos 3 meses para se chegar no valor previsto. O previsto é considerado como um planejamento e não o valor exato a ser pago.
  4. Lance as Saídas por Cartão de Crédito. Consulte a fatura atual de cada cartão de crédito e faça os lançamentos. Todos os lançamentos realizados para cartão de crédito aparecerão na aba “Saídas” do Fluxo de Caixa como sendo somente um lançamento. Este lançamento é a fatura do cartão de crédito.
  5. Informe o que já foi Realizado. Se já foi pago ou recebido algum dos lançamentos já realizados, informe o valor exato no realizado. Existem duas formas de fazer isso: a) No Fluxo de Caixa, toque o lançamento. Na janela que aparecer, informe o valor realizado. b) No Fluxo de Caixa, toque e mantenha pressionado o lançamento. Aparecerá um menu. Toque em Editar. Preencha o campo “Realizado”. Clique na imagem do disquete para gravar.
  6. Lance a diferença. Depois de todas essas etapas, o Fluxo de Caixa já possui a situação financeira atual. Porém, não existe ainda nenhum lançamento das despesas variáveis que, por sua vez, são as mais difíceis de controlar. Ex.: uma compra na mercearia da esquina; a compra de um sorvete na rua; A princípio, é bem provável que não se tenha essas informações, mas elas são necessárias para que o Fluxo de Caixa esteja exato. É necessário agora fazer um lançamento da diferença entre o que se tem em caixa e o que o Fluxo de Caixa mostra no valor total realizado. Para fazê-lo, pressione o botão “Menu” do aparelho na tela do Fluxo de Caixa; selecione a opção “Acerto de Caixa”; informe no campo “Saldo Atual” o valor que você possui atualmente em Conta Corrrente, mais o que tem guardado, etc. A aplicação automaticamente realizará um lançamento de entrada ou saída para acertar a diferença. Neste momento, o valor total realizado do Fluxo de Caixa deve ser exatamente todo o saldo que você possui atualmente.